fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do DentalPosts.

[product_navigation]

Post 107

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site DentalPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.

– A arte é entregue sem a marca d’água do DentalPosts.
– As cores da imagem e a posição da sua personalização são as mesmas que você vê nesta amostra.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 325 palavras

Ter um dente trincado pode ser bastante desagradável, mas infelizmente é mais comum do que se imagina. Na maior parte das vezes, isto acontece quando se está mastigando algum alimento duro ou por algum acidente que impacte o rosto e a região da boca.

Existem também determinados hábitos, como morder objetos duros, como caneta, lápis, balas ou gelo, roer as unhas, abrir tampas com os dentes, entre outros, que geram desgaste dos dentes, tornando-os mais propensos a sofrer trincamentos.

Até mesmo questões emocionais podem estar envolvidas. Por exemplo, o hábito de apertar os dentes (inclusive o bruxismo, que é o ato de ranger os dentes, especialmente durante a noite), também aumenta a pressão e o desgaste dos dentes, gerando maior risco de ter um dente trincado.

O trincamento é uma rachadura, ou fissura, no esmalte dentário, que é a camada mais externa do dente. Essas fissuras podem ser aparentes ou não, e são mais frequentes nos molares, por serem os dentes mais utilizados na mastigação.

Quando acontece uma fissura grande, quase sempre é possível ouvir o barulho e sentir alguma dor – que pode persistir. Isto é sinal de que o trincamento pode ter exposto, mesmo que apenas parcialmente, as estruturas internas do dente, mais sensíveis do que o esmalte.

Já os trincamentos mais leves podem simplesmente passar despercebidos ou gerar um incômodo muito leve.

O fato é que o trincamento deixa a estrutura do dente mais frágil, aumentando a propensão a fraturas (perda de um pedaço do dente). Trincamentos em dentes não se regeneram sozinhos e, mesmo que pareçam apenas um problema superficial, podem ter consequências desagradáveis.

Por isso, ao perceber qualquer alteração ou dor súbita nos dentes, procure o seu dentista o mais breve possível. E, mesmo que não exista qualquer problema aparente, agende suas consultas de rotina a cada 6 meses. Nelas, o dentista poderá identificar mesmo os trincamentos mais leves, tratando-os corretamente e evitando complicações desnecessárias para o seus dentes e sua saúde bucal.

#dentetrincado #saudebucaleparaavida #fissuradental #denterachado #restauracaodentaria #odontologiaestetica

Ter um dente trincado pode ser bastante desagradável, mas infelizmente é mais comum do que se imagina. Na maior parte das vezes, isto acontece quando se está mastigando algum alimento duro ou por algum acidente que impacte o rosto e a região da boca.

Existem também determinados hábitos, como morder objetos duros, como caneta, lápis, balas ou gelo, roer as unhas, abrir tampas com os dentes, entre outros, que geram desgaste dos dentes, tornando-os mais propensos a sofrer trincamentos.

Até mesmo questões emocionais podem estar envolvidas. Por exemplo, o hábito de apertar os dentes (inclusive o bruxismo, que é o ato de ranger os dentes, especialmente durante a noite), também aumenta a pressão e o desgaste dos dentes, gerando maior risco de ter um dente trincado.

O trincamento é uma rachadura, ou fissura, no esmalte dentário, que é a camada mais externa do dente. Essas fissuras podem ser aparentes ou não, e são mais frequentes nos molares, por serem os dentes mais utilizados na mastigação.

Quando acontece uma fissura grande, quase sempre é possível ouvir o barulho e sentir alguma dor – que pode persistir. Isto é sinal de que o trincamento pode ter exposto, mesmo que apenas parcialmente, as estruturas internas do dente, mais sensíveis do que o esmalte.

Já os trincamentos mais leves podem simplesmente passar despercebidos ou gerar um incômodo muito leve.

O fato é que o trincamento deixa a estrutura do dente mais frágil, aumentando a propensão a fraturas (perda de um pedaço do dente). Trincamentos em dentes não se regeneram sozinhos e, mesmo que pareçam apenas um problema superficial, podem ter consequências desagradáveis.

Por isso, ao perceber qualquer alteração ou dor súbita nos dentes, procure o seu dentista o mais breve possível. E, mesmo que não exista qualquer problema aparente, agende suas consultas de rotina a cada 6 meses. Nelas, o dentista poderá identificar mesmo os trincamentos mais leves, tratando-os corretamente e evitando complicações desnecessárias para o seus dentes e sua saúde bucal.

#dentetrincado #fissuradental #denterachado #restauracaodentaria #odontologiaestetica

R$5,50

[product_navigation]

Conheça também outros posts:

  • Post 028

    R$5,50 Comprar
  • Post 019

    R$5,50 Comprar
  • Post 125

    R$5,50 Comprar
  • Post 175

    R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao DentalPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//