fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do DentalPosts.

[product_navigation]

Post 164

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site DentalPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.

– A arte é entregue sem a marca d’água do DentalPosts.
– As cores da imagem e a posição da sua personalização são as mesmas que você vê nesta amostra.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 325 palavras

Cerca de 2% a 5% da população brasileira tem uma condição chamada de agenesia dentária, que é a ausência congênita de um ou mais dentes. Se considerarmos também a ausência dos terceiros molares (dente do siso), esse número sobe e fica em torno de 20% a 30% das pessoas.

A agenesia dentária é apenas uma anomalia, mas não é uma doença. É mais comum na dentição permanente, mas pode também ocorrer, embora em números bem menores (entre 0,4 a 1%), nos dentes de leite, afetando principalmente os dentes incisivos superiores.

A forma mais comum de agenesia dentária é a unilateral – afeta apenas um dente em um dos lados da arcada -, mas ela pode também ocorrer bilateralmente (em ambos os lados) e envolver quaisquer dentes, embora a mais frequência seja nos terceiros molares (sisos), pré-molares e incisivos laterais superiores.

São muitas as causas – ainda não totalmente conhecidas – para a agenesia dentária. Entre elas estão as condições genéticas, sistêmicas ou síndromes, como a Síndrome de Down e fissuras palatinas, infecções (como rubéola e sífilis), traumas locais, uso de substâncias químicas ou drogas, uso de medicação anticonvulsivante, quimioterapia e radioterapia, entre outras.

Não há como estimular a formação de um dente que não se formou naturalmente. Por isso, nesses casos, os implantes dentários e coroas protéticas costumam ser boas soluções. Existem também casos em que se opta pelo tratamento ortodôntico, para redistribuir os dentes na arcada e ocupar o lugar do dente ausente, sem necessariamente fazer uso de implante.

A decisão sobre o tratamento mais adequado é sempre tomada conjuntamente pelo dentista e pelo paciente, considerando o histórico, idade, dente afetado, sua oclusão e até a condição óssea da região.

O objetivo do tratamento é suprir a falta do dente de forma satisfatória, tanto do ponto de vista estético quanto funcional. Com o tratamento adequado, a falta de um dente poderá passar despercebida e seu sorriso terá uma aparência natural e saudável!

#agenesia #saudebucaleparaavida #agenesiadental #ausenciadedentes #odontologiaestetica #odontologiaestética

Cerca de 2% a 5% da população brasileira tem uma condição chamada de agenesia dentária, que é a ausência congênita de um ou mais dentes. Se considerarmos também a ausência dos terceiros molares (dente do siso), esse número sobe e fica em torno de 20% a 30% das pessoas.

A agenesia dentária é apenas uma anomalia, mas não é uma doença. É mais comum na dentição permanente, mas pode também ocorrer, embora em números bem menores (entre 0,4 a 1%), nos dentes de leite, afetando principalmente os dentes incisivos superiores.

A forma mais comum de agenesia dentária é a unilateral – afeta apenas um dente em um dos lados da arcada -, mas ela pode também ocorrer bilateralmente (em ambos os lados) e envolver quaisquer dentes, embora a mais frequência seja nos terceiros molares (sisos), pré-molares e incisivos laterais superiores.

São muitas as causas – ainda não totalmente conhecidas – para a agenesia dentária. Entre elas estão as condições genéticas, sistêmicas ou síndromes, como a Síndrome de Down e fissuras palatinas, infecções (como rubéola e sífilis), traumas locais, uso de substâncias químicas ou drogas, uso de medicação anticonvulsivante, quimioterapia e radioterapia, entre outras.

Não há como estimular a formação de um dente que não se formou naturalmente. Por isso, nesses casos, os implantes dentários e coroas protéticas costumam ser boas soluções. Existem também casos em que se opta pelo tratamento ortodôntico, para redistribuir os dentes na arcada e ocupar o lugar do dente ausente, sem necessariamente fazer uso de implante.

A decisão sobre o tratamento mais adequado é sempre tomada conjuntamente pelo dentista e pelo paciente, considerando o histórico, idade, dente afetado, sua oclusão e até a condição óssea da região.

O objetivo do tratamento é suprir a falta do dente de forma satisfatória, tanto do ponto de vista estético quanto funcional. Com o tratamento adequado, a falta de um dente poderá passar despercebida e seu sorriso terá uma aparência natural e saudável!

#agenesia #agenesiadental #ausenciadedentes #odontologiaestetica #odontologiaestética

R$5,50

[product_navigation]

Conheça também outros posts:

  • Post 001

    R$5,50 Comprar
  • Post 190

    R$5,50 Comprar
  • Post 087

    R$5,50 Comprar
  • Post 197

    R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao DentalPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//