fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do DentalPosts.

[product_navigation]

Post 189

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site DentalPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.

– A arte é entregue sem a marca d’água do DentalPosts.
– As cores da imagem e a posição da sua personalização são as mesmas que você vê nesta amostra.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 357 palavras

Em alguns casos, pode atrapalhar, sim.

Geralmente os dentes de leite começam a cair entre os 6 ou 7 anos de idade. Este processo dura até por volta dos 12 ou 13 anos, quando acontece a perda do segundo molar, que geralmente é o último dente a cair.

Normalmente os dentes permanentes, à medida que vão se formando, promovem a absorção das raízes dos dentes de leite, de modo que, quando nascem, já não há nenhuma raiz do dente de leite impedindo que eles erupcionem. Por estarem sem a raiz, os dentes de leite ficam moles e caem naturalmente.

Porém, há casos em que o dente de leite não cai e pode atrapalhar a erupção do dente permanente. Essa retenção prolongada acontece quando a arcada não se desenvolveu o suficiente para acomodar todos os dentes, fazendo com que os permanentes se coloquem fora de suas posições corretas.

Com isso, a absorção da raiz dos dentes de leite pode não acontecer, o que dificulta – ou até impede – que eles caiam.

Mas, como saber se a raiz foi absorvida ou não? Caso o dente de leite esteja preso apenas parcialmente à gengiva, com bastante mobilidade, é muito provável que ele vá cair sozinho ou com simples “empurrão” da língua.

Mas, se isso não acontecer, e ele estiver sem mobilidade, pode ser necessária sua remoção pelo dentista. O procedimento é simples e, em alguns casos, pode ser aplicada anestesia, para evitar qualquer dor ou desconforto à criança.

O importante é que essa fase de perda dos dentes seja encarada com tranquilidade – mesmo que requeira alguma intervenção por parte do dentista. Celebre com a criança o seu crescimento e o aprendizado valioso que essas experiências trazem: a forma de lidar com a própria ansiedade durante a perda dos dentes, as mudanças da autoimagem, a importância sobre os cuidados com a nova dentição, entre outros.

Leve a criança ao dentista regularmente para acompanhar a saúde bucal e o crescimento dos dentes. Cuidar dos dentes desde cedo é um hábito valioso que você ensina à sua criança, para que ela leve um sorriso lindo e saudável por toda a vida.

#dentedeleite #meudentecaiu #fadadodente #saudebucaleparaavida #odontopediatria #dentistadecriança

Em alguns casos, pode atrapalhar, sim.

Geralmente os dentes de leite começam a cair entre os 6 ou 7 anos de idade. Este processo dura até por volta dos 12 ou 13 anos, quando acontece a perda do segundo molar, que geralmente é o último dente a cair.

Normalmente os dentes permanentes, à medida que vão se formando, promovem a absorção das raízes dos dentes de leite, de modo que, quando nascem, já não há nenhuma raiz do dente de leite impedindo que eles erupcionem. Por estarem sem a raiz, os dentes de leite ficam moles e caem naturalmente.

Porém, há casos em que o dente de leite não cai e pode atrapalhar a erupção do dente permanente. Essa retenção prolongada acontece quando a arcada não se desenvolveu o suficiente para acomodar todos os dentes, fazendo com que os permanentes se coloquem fora de suas posições corretas.

Com isso, a absorção da raiz dos dentes de leite pode não acontecer, o que dificulta – ou até impede – que eles caiam.

Mas, como saber se a raiz foi absorvida ou não? Caso o dente de leite esteja preso apenas parcialmente à gengiva, com bastante mobilidade, é muito provável que ele vá cair sozinho ou com simples “empurrão” da língua.

Mas, se isso não acontecer, e ele estiver sem mobilidade, pode ser necessária sua remoção pelo dentista. O procedimento é simples e, em alguns casos, pode ser aplicada anestesia, para evitar qualquer dor ou desconforto à criança.

O importante é que essa fase de perda dos dentes seja encarada com tranquilidade – mesmo que requeira alguma intervenção por parte do dentista. Celebre com a criança o seu crescimento e o aprendizado valioso que essas experiências trazem: a forma de lidar com a própria ansiedade durante a perda dos dentes, as mudanças da autoimagem, a importância sobre os cuidados com a nova dentição, entre outros.

Leve a criança ao dentista regularmente para acompanhar a saúde bucal e o crescimento dos dentes. Cuidar dos dentes desde cedo é um hábito valioso que você ensina à sua criança, para que ela leve um sorriso lindo e saudável por toda a vida.

#dentedeleite #meudentecaiu #fadadodente #odontopediatria #dentistadecriança

R$5,50

[product_navigation]

Conheça também outros posts:

  • Post 058

    R$5,50 Comprar
  • Post 172

    R$5,50 Comprar
  • Post 077

    R$5,50 Comprar
  • Post 135

    R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao DentalPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//